Portal de Eventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), SCIENTEX-2019

Tamanho da fonte: 
PIBID CIÊNCIAS E A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PRÁTICA: SALVANDO O PLANETA UTILIZANDO 1 COPINHO POR VEZ!
claudimira guerra ferreira, ALINE FERREIRA DA SILVA HOLANDA, ANA CAROLINE BALDOINO MOTA, ANA PRYSCILA PEREIRA SOARES SILVA, BRENA CAROLAINE DE CASTRO SANTOS

Última alteração: 2019-11-12

Resumo


A Educação Ambiental tem como objetivo fornecer a sociedade conhecimentos científicos de modo que cada indivíduo compreenda como os sistemas naturais funcionam. Despertando, dessa forma, as percepções da natureza e suas relações com a espécie humana. Nesse contexto, com o intuito de promover no ambiente escolar a compreensão e a sensibilização envolvendo os temas de consumo e produção responsáveis, sustentabilidade e conservação e preservação ambiental, conscientizando os alunos sobre os impactos gerados pelas ações humanas (por exemplo, os problemas ambientais gerados pelo plástico), o presente trabalho desenvolveu e aplicou uma atividade didática diferenciada com 280 alunos em duas escolas localizadas no município de São Raimundo Nonato (Piauí), na Unidade Escolar Edith Nobre de Castro e no Centro de Ensino de Tempo Integral. A atividade fez parte das ações do programa PIBID da UNIVASF, Núcleo Ciências, vinculado ao Curso de Ciências da Natureza, Campus Serra da Capivara. O principal objetivo da presente atividade foi estudar em sala de aula as consequências sobre o acúmulo de plástico nos diferentes ecossistemas da Terra; descarte de resíduos sólidos que produzimos e seus impactos a curto e longo prazo no meio ambiente e suas consequências negativas nos ciclos ecológicos; a ameaça direta do plástico a manutenção das espécies terrestres e marinhas. Os conteúdos científicos foram trabalhados em aula teórica dialogada. Com esse intuito, copos retornáveis e folders informativos foram elaborados com arte e linguagem para envolver e instruir o público jovem a respeito do conteúdo ecológico em questão, sendo estimulados a: salvar o planeta utilizando um copinho por vez! Especificamente para essa atividade didática foram confeccionados e distribuídos 350 copos e folders informativos. Os copos retornáveis foram utilizados como uma proposta prática e estímulo para o emprego de uma atitude sustentável. A atividade elaborada e aplicada possibilitou que os alunos não atuassem apenas como observadores dos conhecimentos teóricos abordados, mas também se tornassem sujeitos e parte integrante da atividade, sendo convidados e estimulados a colocarem em prática atitudes sustentáveis que colaboram com o equilíbrio do meio ambiente, através do abandono do uso de plásticos ultra descartáveis. Além disso, a atividade teve como intuito estimular nos alunos o comprometimento e a cidadania, reforçando a responsabilidade de cada cidadão com e meio em que vive. Durante a aplicação da presente atividade nas escolas, foi possível observar a aceitação e o envolvimento dos alunos com os conteúdos trabalhados, havendo interação dos mesmos nas discussões levantadas e o comprometimento deles com a proposta de evitar o uso de copos descartáveis como uma ação para ajudar a preservação do meio ambiente. Além disso, foi possível também observar a satisfação ao receberem o copo retornável elaborado pelo projeto.  Com a presente atividade pedagógica construída e executada foi possível verificar que é possível adequar conteúdo com criatividade, sem que o jovem perca o foco da necessidade de aprendizagem. Além de fornecer uma proposta/modelo de metodologia a ser compartilhada com professores em formação, a fim de que, consigam ressignificar suas práticas pedagógicas, cativando seus alunos e despertando neles o gosto pela Educação Ambiental.


Palavras-chave


Ensino de Ciências; Práticas Pedagógicas; Educação Ambiental; Sustentabilidade; PIBID