Portal de Eventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), SCIENTEX-2019

Tamanho da fonte: 
O AUDIOVISUAL COMO DISPOSITIVO DE APRENDIZAGEM
Tacylla Oliveira, Juliene Silva, Carine Cavalcante, Ludmila Pimentel

Última alteração: 2019-11-12

Resumo


Por conta das mudanças tecnológicas que jovens e crianças vem sendo inseridos, em razão da dissolução dos meios midiáticos, compete à educação o desafio de buscar as melhores formas de adaptar o conteúdo didático com as novas tecnologias. Assim o presente resumo foi desenvolvido através do programa de iniciação a docência, trazendo uma reflexão sobre a experiência audiovisual nos espaços educativos.

Por meio de oficinas e observações em sala de aula, pudemos perceber a relação dos jovens com a tecnologia, o cotidiano destes é marcado por aplicativos, dispositivos tecnológicos, plataformas digitais e vídeos, que trazem os mais diversos tipos de informações, já que a cultura midiática não separa a atividade reflexiva do entretenimento. A cada exercício ou atividade prática utilizada em sala de aula, víamos demonstrações da forte presença da tecnologia do dia a dia deles, em uma destas, ao desenvolver algumas atividades sobre arte naif, que é considerada "ingênua" porque se designa a artistas autodidatas que desenvolvem uma linguagem pessoal e original de expressão, que em prática seria, desenvolver um objeto de arte sobre o cotidiano, experiências, pudemos perceber, o quanto boa parte dos estudantes representavam suas vivências ligadas jogos de celular, serviços de streaming, uso de aparelhos tecnológicos.

Deste modo a relação dos jovens com a tecnologia se torna uma relação de cumplicidade expressiva, nesse caso precisa-se, além de utilizar as possibilidades que essas tecnologias proporcionam, pensar em como apropriar-se e ressignificar o audiovisual nas manifestações culturais dos espaços educativos, proporcionando um ensino lúdico, utilizando o audiovisual, que é também uma forma de leitura e está cada vez mais presente na vida dos jovens como ampliador das aprendizagens. Utilizar o audiovisual no currículo básico, no caso do nosso projeto, no ensino médio, mesmo podendo ser utilizado em qualquer matéria de modo interdisciplinar, se torna um conteúdo apropriado ao currículo de Arte, por se tratar de uma das linguagens das expressões artísticas.

Desenvolvemos oficinas de fotografia, roteiro, direção, entre outras com elementos importantes para o audiovisual, com a intenção de que houvesse produção de conhecimento áudio-imagético em sala de aula, a contextualização da produção dos estudantes, exibição do filme em sala de aula e comentários e debates sobre as práticas, pudemos compreender que levar a experiência do audiovisual para o espaço educativo foi de extrema importância e de temática relevante, pois o audiovisual está presente na vida dos alunos nos mais variados momentos, então por que não incluí-lo também nas salas de aula? Trazer para o ambiente escolar essa linguagem, retira dos alunos a ideia de ser um espectador passivo e inverter esse papel, trazendo para eles a possibilidade de conhecer, questionar, e produzir materiais com que já possuem um contato superficial.

O projeto de produção de materiais didáticos através da linguagem do audiovisual continua em processo de execução, logo não se encontra finalizado. O objetivo é que no final do projeto, como um dos resultados, os estudantes possam, a partir de então, se relacionar com as tecnologias e meios de comunicação de maneira crítica e criativa.

 


Palavras-chave


Audiovisual; Aprendizagem; Artes visuais