Portal de Eventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), SCIENTEX-2019

Tamanho da fonte: 
PROJETO CONHECENDO E TRANSFORMANDO: POSSIBILIDADES DE UMA FEIRA DE CIÊNCIAS NA APRENDIZAGEM DE ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL
Ezequiel, Isadora, Juliana e Matheus Ribeiro, Caribé, Andrade, Antunes, Ezequiel Ribeiro

Última alteração: 2019-11-11

Resumo


AUTORIA: Ezequiel Ribeiro dos Santos, Isadora Caribé, Juliana Andrade Brito, Matheus Antunes, Lorena Emanulle, Gisele Shaw.

Resumo

A Feira de Ciências é uma proposta metodológica que coloca os alunos como protagonistas de um evento de interação social. Esse tipo de atividade pode incentivar a curiosidade e se constitui boa oportunidade de aprendizagem. As Feiras de Ciências contribuem para inserir e incentivar nos alunos o interesse pelas ciências, possibilitando que os mesmos investiguem e compartilhem conhecimentos sobre problemas locais, regionais, estaduais, enfim, permitem que ampliem seus conhecimentos sobre determinado assunto por meio da pesquisa. Nesse caso, a utilização de projetos de ensino de Ciências que envolvam estudos, pesquisas, produções de materiais e feiras como momentos de culminância e de aprendizado é importante para a iniciação científica de adolescentes, os aproximando de estudos oriundos de diversas ciências. O objetivo do Projeto conhecendo e transformando foi propiciar a alunos dos anos finais do ensino fundamental da Escola Doutor José Gonçalves, localizada no município de Senhor do Bonfim, Bahia, a iniciação científica e o reconhecimento de que a ciência é um mecanismo que possibilita a produção do conhecimento científico. Esse tipo de atividade pode propiciar o ensino de forma interdisciplinar, desenvolvendo dimensões do conteúdo - conceitual, procedimental e atitudinal; envolvendo diversas áreas do conhecimento, proporcionando condições de conhecimento de diversas ciências e envolvendo o lúdico. Com base nessas afirmações, foi desenvolvido um projeto de Feira de Ciências na referida escola, envolvendo todas as turmas dos anos finais do ensino fundamental. Na Feira de Ciências, os estudantes apresentaram trabalhos resultantes de suas pesquisas e produções a partir de conteúdos escolares estudados em aulas de ciências, de modo a envolver a comunidade escolar e divulgar os conhecimentos adquiridos. Com base nas observações do envolvimento, participação e de trabalhos produzidos pelos estudantes, foram aferidos alguns resultados do projeto. A observação e avaliação desses resultados se deu de modo processual e contínuo, desde o empenho dos estudantes nas pesquisas e análises, levando-se em consideração as habilidades e competências que desenvolveram, bem como seu compromisso com o trabalho e divulgação de conhecimentos construídos. Todos os alunos participantes se envolveram com os estudos e elaboração de trabalhos sobre conteúdos discutidos em sala, apresentando muito bem suas produções na feira e compartilhando todo seu conhecimento adquirido para o público, de forma lúdica e interativa. Estudantes, professores de outras disciplinas e equipe da secretaria da educação do município de Senhor do Bonfim elogiaram todo o trabalho e desempenho de todos os envolvidos na produção da Feira de Ciências. Esse evento foi divulgado em redes sociais e blogs, apontado como atividade bem sucedida em escola pública. Diante disso, aponta-se a utilização de feiras de ciências como oportunidades de aprendizagem e de incentivo dos estudantes ao estudo e a iniciação científica.

 

Palavras-chave: Aprendizagem; Feira de Ciências; Interdisciplinaridade.


Palavras-chave


Aprendizagem; Feira de Ciências; Interdisciplinaridade.