Portal de Eventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), SCIENTEX-2019

Tamanho da fonte: 
MONITORIA EM PARASITOLOGIA APLICADA ÀS CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS – SEMESTRES 2018.1 E 2018.2
Juliana de Sena Carvalho, Kézio Otacílio da Silva, Lindolfo Borges Almeida, Daniella Barreto Santana

Última alteração: 2019-11-20

Resumo


A Monitoria em Parasitologia aplicada às Ciências Farmacêuticas, oferecida nos semestres 2018.1 e 2018.2, foi utilizada como ferramenta de auxílio no processo ensino-aprendizagem para as disciplinas Parasitologia (FARM0025) e Parasitologia Clínica (FARM0058), do 4° e 8° períodos, respectivamente. O projeto de monitoria é de grande importância no ambiente universitário, visto que o discente monitor tem a oportunidade de desenvolver relações interpessoais e habilidades intrínsecas à docência, além de contribuir ao processo de ensino e aprendizagem dos discentes atendidos. Esta ferramenta, por sua vez, proporciona ao monitor a oportunidade de aprofundamento na disciplina que está sendo ministrada e de ajudar àqueles que possuem dificuldade em fixar o assunto abordado, o que a torna fundamental para a aprendizagem do que foi visto em sala de aula com o docente. O objetivo deste projeto foi auxiliar o professor coordenador e os alunos matriculados nas disciplinas Parasitologia e Parasitologia Clínica, proporcionando apoio às atividades propostas aos discentes durante o processo de aprendizagem, na tentativa de melhorar o desempenho dos mesmos. Com este intuito, os monitores disponibilizaram carga horária de 12 horas semanais, onde acompanharam o professor nas aulas práticas, no Laboratório de Parasitologia Médica, ajudando os discentes monitorados na visualização e preparo de lâminas parasitológicas; aplicaram revisões dos conteúdos teórico-prático, em sala de aula, contribuindo para o esclarecimento de dúvidas referentes à temática; além de auxiliar aos alunos monitorados na confecção dos relatórios e estudos dirigidos requeridos pelo docente. Quase 90% dos alunos procuraram os monitores para o esclarecimento de dúvidas. Com a aplicação da monitoria, observou-se um alto índice de aprovação nos dois semestres abordados. No semestre 2018.1, para a disciplina Parasitologia, dentre os 27 alunos matriculados, 22 foram aprovados por média, dois foram reprovados por falta, pois abandonaram a disciplina, e 3 foram aprovados na avaliação final. Na Parasitologia Clínica, dentre os 34 alunos monitorados, 32 foram aprovados por média, um foi reprovado por falta, por abandonar a disciplina, e um foi aprovado no exame final. No semestre 2018.2, a disciplina Parasitologia, com 24 alunos matriculados, apresentou 21 alunos aprovados por média, dois reprovados por falta, por a abandonar a disciplina, e um aluno aprovado no exame final; para a disciplina Parasitologia Clínica, dos 27 alunos matriculados, todos foram aprovados por média. Ressalta-se que nos dois semestres, nenhum aluno foi reprovado por nota. Observou-se, com a aplicação da monitoria, alto rendimento dos alunos proporcionando maior adaptação e comprometimento às disciplinas apresentadas. E a experiência também foi proveitosa para os alunos monitores, que desenvolveram habilidades de comunicação, docência, compromisso e empatia ao outro, características fundamentais para o crescimento e a construção de futuros excelentes profissionais.

 


Palavras-chave


Aprendizagem; Docentes; Ensino; Monitores; Parasitologia.