Portal de Eventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), ​I Simpósio de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente do Vale do São Francisco ISBN: 978-85-92656-05-8

Tamanho da fonte: 
ESCALA DE MORSE E SEGURANÇA DO PACIENTE: PERSPECTIVA DA ENFERMAGEM
Maíra Kely Amorim Nascimento, Michael Jordan Castro da Silva, Lusineide Carmo Andrade de Lacerda, Maria Emília Vidal Teles, Katia Suely Batista Silva

Última alteração: 2018-06-19

Resumo


Introdução: A ocorrência de queda em pacientes hospitalizados compreende um evento adverso a ser prevenido. Os profissionais, em especial, da Equipe de Enfermagem devem estar comprometidos em reduzir, a um mínimo aceitável, o risco de dano desnecessário relacionado ao cuidado. A Escala de Morse compreende um instrumento efetivo para identificar o risco de quedas nesses indivíduos. Objetivo: Demonstrar a importância da Escala de Morse para segurança do paciente hospitalizado. Metodologia: Estudo qualitativo com base em revisão de literatura de artigos referentes à temática publicados nos últimos cinco anos na base de dados Scielo. Resultados e discussão: A queda é o evento mais comum em pacientes hospitalizados. Àqueles que sofreram quedas durante a hospitalização foram classificados com risco elevado com base na Escala de Morse. Observa-se, portanto, que a escala, quando utilizada se traduz em instrumento norteador da assistência, de modo que direcione ações para prevenção de quedas, com consequente garantia segurança do paciente, funcionando como indicador para avaliação da qualidade hospitalar. Os profissionais de Enfermagem, por estarem mais próximos ao paciente são essenciais na prevenção das quedas e devem proceder com a aplicação da escala de forma oportuna de modo a garantir uma assistência com riscos mínimos aos pacientes. Conclusão: A aplicação da Escala Morse é essencial na prevenção de quedas. Deve ser amplamente utilizada nas instituições hospitalares, em especial pela equipe de Enfermagem como ferramenta para gestão de riscos, de modo que se alcance uma assistência à saúde de qualidade isenta de complicações ao paciente.

Palavras-chave


Enfermagem; Gestão de riscos; Segurança do paciente.

Texto completo: VEJA O PÔSTER